Regras Avançadas

O que conta como um ataque?
Qualquer coisa escrita em uma carta de Pokémon Básico ou de Evolução embaixo da ilustração é considerada um ataque (com exceção de um Poké-Power ou de um Poké-Body), mesmo que ela não faça nada com o Pokémon do seu oponente. Por exemplo, o “Cry for Help” do Pichu, ele não faz nada ao Pokémon do oponente, mas mesmo assim é considerado um ataque.

Em que ordem se deve Atacar?
Aqui estão descritas as etapas exatas que se deve seguir ao atacar. Para a maioria dos ataques, não importará a ordem em que você fizer as coisas, mas se você tiver que realizar um ataque bem complicado, siga estas etapas passo a passo, e você não deverá encontrar problemas.

• Se o Pokémon Defensor for um Pokémon Bebê, lance uma moeda para ver se seu turno acabará sem um ataque. (Se seu turno terminar sem um ataque, não passe por nenhuma das outras etapas. Você terminou por agora).
• Anuncie qual ataque o seu Pokémon Ativo irá usar. Não se esqueça de verificar se seu Pokémon Ativo tem energias suficientes para realizar o ataque.
• Se for necessário, faça as escolhas requeridas pelo ataque. (O ataque “Special Circuit” do Rayquaza ex, por exemplo, diz “Escolha um dos Pokémons do seu oponente.” Por isso você escolhe neste momento.)
• Se for necessário, faça qualquer coisa que o ataque pedir para que ele seja realizado. (como, por exemplo, descartar uma carta de Energia para o ataque “Delta Blast” do Salamence, que faz descartar uma carta de energia metálica ligada ao Salamence para que ele seja usado).
• Se for necessário, aplique quaisquer efeitos que possam alterar ou cancelar o ataque. (Se seu Pokémon tiver sido atingido pelo ataque “Delta Reduction” do Deoxys no turno anterior, por exemplo, o ataque diz que o seu ataque é reduzido em 30. Portanto, quando você for atacar o dano que seu Pokémon causará na verdade serão subtraídos 30 pontos.
• Se seu Pokémon Ativo estiver Confuso, veja agora se o ataque irá falhar.
• Faça o que o texto do ataque lhe pedir. Cause o dano primeiro e depois cuide dos outros efeitos e, por último, Nocauteie qualquer Pokémon que tiver sofrido mais dano do que o seu total de Pontos de Saúde.

Como se Calcula o Dano?
A quantidade de dano que um ataque causa não costuma depender da ordem na qual você faz as coisas, mas se você tiver que realizar um ataque com diversas variáveis que possam influenciar no dano, siga estas etapas passo a passo (pule quaisquer etapas quando não se aplica ao ataque).

• Comece com o dano base. Este é o número escrito à direita do ataque, ou, se o número tiver um X, -, +, ou? ao lado dele, será o dano que o texto do ataque o instrui a causar.
• Resolva os efeitos de dano no Pokémon Atacante (como, por exemplo, o efeito da Energia Noturna ou o “Double Shock” do Electabuzz). Depois, se o dano base for 0 (ou se o ataque não causar nenhum dano), pare de avaliar o dano. Você terminou agora. Se não, continue o processo.
• Duplique o dano causado se o Pokémon Defensor tiver fraqueza ao tipo do Pokémon Atacante.
• Subtraia 30 pontos do dano se o Pokémon Defensor tiver Resistência ao tipo do Pokémon Atacante.
• Resolva os efeitos de danos das cartas Treinadores e das cartas de Energia no Pokémon Defensor (como a Energia de Metal).
• Aplique quaisquer efeitos relevantes resultantes do último ataque do Pokémon Defensor (o golpe “Granite Head” do Aerodactyl, por exemplo) ou Poké- Powers e Poké-Bodies relevantes.
• Para cada 10 pontos de dano que o ataque causar, coloque um marcador de dano no Pokémon Defensor. (Se nesse momento o dano causado for menor do que 0, não faça nada).
• Agora que o dano foi causado, se o ataque fizer algo além de causar dano, faça todo o resto.

Em que ordem se deve fazer as coisas depois do turno de cada treinador?
Normalmente, a ordem na qual as coisas são feitas depois do turno de cada treinador não tem importância, mas se as coisas se complicarem, siga estas etapas passo-a-passo:

• Coloque marcadores de dano nos Pokémon Envenenados.
• Lance uma moeda pra ver se um Pokémon que está com um marcador de Queimadura vai receber marcadores de dano.
• Lance uma moeda pra ver se um Pokémon Adormecido se recupera e recupere os Pokémons Paralisados que estiverem aptos a se recuperar.
Se um Pokémon não tiver nenhuma carta de Ferramenta Pokémon ligado a ele e aquela carta tiver algum efeito entre os turnos, esse card poderá ser usado a qualquer momento entre os turnos que a pessoa que baixou o Pokémon quiser.

Se o seu pokémon e o Pokémon do seu oponente forem Nocauteados ao mesmo tempo entre os turnos ou durante um ataque, o treinador que for iniciar o seu turno substitui o seu Pokémon primeiro (e também escolhe a sua carta Prêmio primeiro).

Pokémon que fazem referências a eles próprios:
Algumas vezes, um Pokémon faz referências a ele próprio através de seu nome. Por exemplo, o ataque “Rainbow Burn” do Ho-Oh ex que diz “Este ataque causa 10 mais 20 de dano para cada carta de energia básica ligadas ao Ho-Oh ex”. Leia o nome como “este Poémon” se o ataque, por algum motivo, for usado por outro Pokémon. Portanto, se o Clefable ex copiar o “Rainbow Burn” do Ho-Oh ex com seu “Metronome”, causaria 10 pontos de dano mais 20 para cada carta de energia básica ligadas a ele, como se no card do Clefable ex estivesse escrito “Este ataque causa 10 mais 20 de dano para cada carta de energia básica ligadas ao Clefable ex” nele.

Evoluções Ilícitas:
Toda vez que você evoluir um Pokémon, o card de Evolução tem que dizer que ele “Evolui do” nome do Pokémon do qual ele vai sobre. O Pokémon de um treinador Especial (como o Team Magma’s Lairon) ou um Pokémon-ex (como o Scyther ex) não evoluem para versões normais. Para permitir essa evolução, um card de Pokémon teria que dizer “Evolui do Scyther ex”.

Como você recua usando energia incolor dupla:
Pagar o custo para recuar pode se tornar confuso com as cartas de Energia Dupla.
É assim que isto funciona: descarte as cartas de Energia um a um, até que você tenha pago pelo Custo para Recuar (ou, talvez, que você tenha ultrapassado o custo). Uma vez que tenha pago o custo, você não pode descartar mais cartas.
Por exemplo, suponha que seu Pokémon tem um Custo para Recuar igual à duas Energias Incolor e ele tem duas cartas de Energia Aquática e uma carta de Energia Incolor Dupla ligadas a ele.
Você pode pagar este Custo para Recuar de várias formas: descartando a carta de Energia Incolor Dupla; descartando 2 Energias Aquáticas; ou ainda descartando uma Energia Aquática primeiro e depois a carta Energia Incolor Dupla. No entanto, você não pode descartar todas as suas 3 cartas.

O que acontece se você não puder fazer o que a carta o instrui?
Algumas vezes, uma carta lhe diz para comprar mais cartas do que as que estão no seu deck, ou para procurar por cartas que você não tem no seu deck. Se isto acontecer, faça o que você puder (compre tantos cards quanto forem possíveis, ou pegue os cards que estão no seu deck) e continue batalhando normalmente. Lembre-se de que você perde a batalha se não puder comprar uma carta no início do seu turno; no entanto, você não perde a batalha se não puder cumprir as instruções de uma carta que faz com que você compre mais cartas.

O que acontece se nenhum dos dois treinadores recebe um Pokémon Básico dentre as suas 7 primeiras cartas?
A batalha só pode ter inicio quando os dois treinadores tiverem ao menos um Pokémon Básico na mão inicial de 7 cartas, mas em algumas ocasiões, nem você e seu oponente recebem Pokémons básicos na mão inicial de 7 cartas. Se isso acontecer, os dois devem re-embaralhar seus decks e comprar uma nova mão inicial de 7 cartas e mais nenhuma carta adicional. Outras vezes, apenas um dos treinadores terá um Pokémon Básico em sua mão inicial de 7 cartas. Nesse caso, o outro terá de reembaralhar o deck e comprar uma nova mão inicial de 7 cartas, enquanto que o treinador que tinha um Pokémon Básico em sua mão inicial de 7 cartas tem a opção de comprar uma carta adicional.

O que acontece se os 2 treinadores vencem ao mesmo tempo?
Você vence se recebe o seu último Prêmio, ou se o seu oponente não tem como substituir o Pokémon Nocauteado dele por outro do Banco. O que pode acontecer, também, é que os dois treinadores “vençam”, de umas destas formas, ao mesmo tempo. Se isto acontecer, dispute uma batalha com decisão por Morte Súbita. No entanto, se você vencer das duas formas descritas acima e o seu oponente só vencer de uma delas, você é o vencedor!

O que é Morte Súbita?
Se houver necessidade de decidir pela Morte Súbita, batalhe novamente, mas dessa vez cada treinador só usa 1 Prêmio, em vez dos costumeiros 6. Exceto pelo número de Prêmios, trate a decisão por Morte Súbita como uma nova batalha de Pokémons: arrume tudo de novo e tire “cara ou coroa” para ver quem começa. O vencedor desta batalha é o vencedor geral. Pode acontecer que essa nova batalha também chegue a um impasse. Nesse caso, continue batalhando com decisão por Morte Súbita até que alguém vença.

%d blogueiros gostam disto: